Tapas de sardinha de conserva

_

Sardinhas para os santos populares!

A partir desta noite, e durante o resto do mês de Junho, um pouco por todo o país, comemoram-se os Santos Populares.

São noites e dias de festa pelo país fora, onde um dos elementos gastronómicos mais recorrentes é a sardinha.

Tradicionalmente, a sardinha é comida no pão, depois de ter sido grelhada na brasa. Hoje, trazemos-lhe uma sugestão diferente, que pode até servir como entrada para uma refeição. Para além disso, as sardinhas em conserva podem ser uma opção mais fácil, tendo em conta a elevada procura que as sardinhas frescas têm nesta altura do ano.

Experimente e diga-nos o que achou.

Até para a semana.

Tempo: 2/3

Custo: 1/3

Dificuldade: 1/3

Classificação (0 votos)

Preparação

Prepare a massa com a farinha para pão saúde, seguindo as instruções da embalagem para preparação manual. Deixe levedar em local quente, até atingir quase o dobro do volume. Molde um rolo e disponha num tabuleiro refractário, previamente untado com spray para untar e polvilhado com farinha. Deixe levedar novamente em local quente, por mais 10 minutos. Leve ao forno, a 220o C, durante cerca de 35 minutos. Retire do calor, deixe arrefecer e corte em fatias.

Corte o tomate em rodelas e o pimento em tiras. Leve a corar ligeiramente no azeite bem quente, com as sementes de funcho, os orégãos moídos e os alhos picados. Retire do calor, tempere com sal e disponha sobre as fatias de pão. Coloque por cima a cebola roxa cortada em rodelas finas e, depois, as sardinhas. Polvilhe com as sementes de sésamo branco e decore com o funcho fresco.

Boa viagem, Espiga
imagem

Sabe de onde vem o funcho?

O funcho é uma planta da região do Mediterrâneo, já cultivada por gregos e por romanos, grandes apreciadores do seu sabor levemente adocicado.

_

Utilize-o nos seus cozinhados

As folhas e os caules do funcho podem ser comidos crus ou cozinhados, devendo, em ambos os casos, ser primeiro bem lavados. As suas folhas, muito finas e tenras, dão a qualquer salada um toque muito especial, podendo também ser usadas como guarnição de pratos de peixe. Os bolbos, de onde se retiram as ditas folhas, podem ser cozidos inteiros e, depois, passados por manteiga. Polvilhados com bastante queijo parmesão, são uma das iguarias preferidas dos italianos. As sementes de funcho são um excelente tempero. Assemelham-se à erva-doce e têm as mesmas aplicações: pães doces, castanhas assadas, licores e rebuçados.

Notas e Memórias

0 comentários