Empada de sobras de Peru

_

Não nos esquecemos de poupar!

Hoje, trazemos-lhe uma receita de aproveitamento que acreditamos ser popular tanto aqui, como na China. Depois da azáfama das festas, é altura de arrumar a casa e de preparar tudo para o desafio do novo ano.

Tal como na casa do «Viagens à Mesa», estamos certos de que, na sua, haverá sempre sobras das festas de Natal e de Ano Novo. Voltámos a assar um peru para o almoço do dia 1 de Janeiro e, agora, estamos a braços com comida que daria, talvez, para um outro Natal. Porém, como aqui nada se perde e tudo se transforma, decidimos fazer uma empada familiar de peru. E não é que resultou na perfeição?

Fica a dica. Bem-vindo a 2014!

Tempo: 2/3

Custo: 1/3

Dificuldade: 2/3

Classificação (0 votos)

Preparação

Unte, com margarina, uma forma redonda de 25 centímetros de diâmetro e 5 centímetros de altura. Junte e amasse todos os ingredientes, de modo a conseguir uma massa elástica, que dê para tender. Deixe descansar 15 minutos.

Numa caçarola, salteie, na margarina, as cenouras, a cebola e o aipo, até ficarem estaladiços. Envolva o peru na farinha. Desfaça a sopa de cogumelos na água e junte-a à mistura de vegetais. De seguida, acrescente o peru e as ervilhas. Tempere, a gosto, com as pimentas branca e da Jamaica e o cardamomo verde moídos. Mexa e envolva tudo muito bem. Rectifique os temperos.

Tenda a massa de modo a formar dois círculos. Com um deles, forre uma tarteira e verta o preparado. Cubra com o outro círculo de massa e feche bem a forma, calcando os bordos. Enfeite a gosto com pedacinhos de massa. Pincele com leite. Leve a cozer, a cerca de 180° C, durante 30 a 40 minutos.

Boa viagem, Espiga
imagem

Origens

A pimenta da Jamaica é o fruto de uma árvore muito bonita que, tal como o nome indica, é originária da Jamaica, uma ilha do Mar das Caraíbas.

_

Sabia que...

Segundo dizem os especialistas, a pimenta da Jamaica tem um sabor muito peculiar a noz-moscada e a cravinho.

Notas e Memórias

0 comentários