Bacalhau aromático

_

UM SABOR TIPICAMENTE PORTUGUÊS!

No «Viagens à Mesa», tentamos sempre fazê-lo viajar com os nossos pratos, mas também é bom “ir para fora cá dentro”, não acha?

Por isso mesmo, esta semana, trazemos-lhe um prato de bacalhau que a família vai adorar. É o típico prato de domingo, quando se tem mais algum tempo para dedicar à cozinha. Mais uma vez, usámos espinafres, que adoramos, mas pode substituí-los por outros legumes a seu gosto. Experimente com brócolos. Também pensámos nisso.

Até para a semana.

Tempo: 2/3

Custo: 2/3

Dificuldade: 2/3

Classificação (0 votos)

Preparação

Num tacho, salteie os espinafres num pouco de azeite e de cebola e alho. Reserve. No restante azeite, refogue o alho francês e junte o bacalhau desfiado. Cozinhe até ficar macio. Tempere com o sal e as pimentas branca e Jamaica. Reserve. Desfaça a farinha no leite e leve ao lume, a engrossar. Acrescente as natas, o queijo ralado e a mostarda. Tempere com os orégãos e cebola já fora do lume. Num prato refractário, disponha os espinafres e, sobre estes, o bacalhau e cubra com o molho. Com a ajuda de uma faca, faça o molho penetrar no bacalhau. Com o rolo, tenda a massa folhada, previamente descongelada, e cubra o prato. Com uma faca, dê golpes em quadrado sobre a massa. Pincele com ovo batido. Leve ao forno, pré-aquecido a 200° C, até a massa crescer e ficar dourada.

Boa viagem, Espiga
_

Sabia que...

Terão sido os vikings, na Islândia e na Noruega do século IX, a consumir, pela primeira vez, bacalhau. Uma vez que ainda não tinham descoberto o sal, os vikings deixavam o peixe secar ao relento, até estar bem duro, para que pudesse ser consumido durante as longas viagens pelos oceanos. Foram, no entanto, os portugueses os primeiros a introduzi-lo salgado na alimentação, em pleno século XV.

Notas e Memórias

0 comentários